DFA 2008 – Degustação de Final de Ano

DFA 2008 – DEGUSTAÇÃO DE FINAL DE ANO
Confraria das Águas Escondidas – Trattoria Torna
 
Prezados amigos(as),
Mais uma vez a nossa CAE esteve reunida no Restaurante Trattoria Torna para a sua última degustação oficial do ano (Sábado, dia 29/11). Infelizmente não foi realizada com os vinhos que planejamos, mas valeu a apena pela alegria e descontração do grupo, seguida de bons vinhos em uma degustação às cegas. Realmente não tem confraria mais descontraída do que a CAE!
 
Vamos ao que interessa!
 
 dsc00469
 
1- Bodega Juanicó Don Pascual Reserve Viognier 2004
Produtor: Bodega Juanicó
Região: Canelones, Uruguai
 
Nota: Segundo o produtor, a colheita destas uvas são feitas durante a madrugada ou no início da manhã, fermentadas a baixa temperatura; 30% do lote sofre fermentação malolática em barricas e os 70% restantes permanecem em tanques de inox. O vinho passa 3 meses em barricas de carvalho não novas. Com 13% de álcool, denota ser um vinho muito agradável, límpido, brilhante e de cor dourada. Infelizmente já não está mais no seu auge. Paguei para ver… Mas mesmo assim não fez feio. Vinoso e de aroma agradável, mostrou notas de frutas(laranja, melão), flores brancas, mel e manteiga. Aroma intenso e de boa qualidade. Na boca, tem acidez adeguada de acordo com o tempo, macio e de bom corpo. Se fosse a dois anos atrás estaria bem melhor! Bom vinho. R$ 39,90
 
2- Bouzeron Albert de Vilaine 2006 (Aligote)
Produtor: Albert de Villaine
Região: Bourgogne, França
 
Nota: Bem, às cegas eu jurava que era um Chardonnay sem madeira. Bateu na trave Gustavão! Amarelo palha com reflexos dourados, muito límpido, escorregadio e de brilho intenso. No início se mostrou um vinho fechado, depois de uma hora na taça o vinho começou a se mostrar. É agradável, com notas cítricas intensas, frutado e muito mineral. Na boca repete o nariz sem muito impacto. Um vinho seco, de boa acidez e sutil amargor no final. Pouco encorpado, equilibrado e de doa qualidade. Não é dos mais persistentes e não entusiasma, talvez por que esteja novo demais. Um vinho correto, bom,  meio insidioso, mas não vale R$ 118. Detalhe, Albert de Vilaine é gestor e um dos proprietários do lendário Domaine de la Romanée-Conti.
dsc00466 
 
3- Mencía Luna Beberide 2004
Produtor: Bodegas y Vinedos Luna Beberibe
Região: León, Espanha
 
Nota: Rubi com reflexos violáceos. Muito límpido, de brilho intenso e denso. Olfato muito agrdável, intenso, frutado(amoras e ameixas), epeciarias(cravo, pimenta). Toques empireumáticos de café, madeira(cedro). Boa qualidade aromática. Na boca é um vinho seco, bons taninos, quente, intenso e de acidez adequada. Encorpado, equilibrado, de bom retrogosto. Não conhecia este vinho. Pesquisando na net, o Mencía 2006 ganhou 89/100 pontos do Robert Parker. Recebeu o conceito de Muito Bom por todos do grupo. Ainda mais pelo preço! R$ 32
 
4- Castaño Seleción 2005
Produtor: Bodegas Castaño
Região: Yecla, Espanha
 
Nota: Eu amo os vinhos deste país. Um corte de Monastrell e Cabernet Sauvignon com 14,5%. Rubi com reflexos violáceos, límpido e brilhante. Vinoso, alcoólico, um vinho amplo no nariz. Frutas secas, toques de torrefação, café, chocolate, açúcar queimado e baunilha. Intenso, tem boa qualidade aromática. Na boca é bem quente, tem boa acidez, seca a boa. Tânico, mas de boa qualidade. No final se mostrou um vinho de bom corpo e potente. Ainda tem muitos aninhos na garrafa. Muito bom! O preço é justo. R$ 105
 
5- Benegas Blend 2000
Produtor: Bodegas Benegas
Região: Luján de Cuyo, Mendoza
 
Nota: Um vinho argentino com a mão do francês Michel Rolland, típico corte bordalês (Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Merlot). Rubi com reflexos alaranjados. Limpido e denso. No nariz (foi decantado por mais de 1 hora) é agradável, bem amplo. Toques de ameixa e especiarias (alcaçuz, cravo, pimenta). Notas vegetais ao fundo seguidas de terra molhada, café e baunilha. Na boca, tem acidez na medida e taninos macios. Intenso e bem equilibrado. O vinho está prontinho para beber! Boa persistência. Muito bom e excelente preço! R$ 75
 
Ainda tivemos um Muscat Blanc Reserve 2006 Avondale delicioso da África do Sul! Parece ouro!
dsc00472 
Em nome da CAE, agradeço mais uma vez a Trattoria Torna e ao Sommelier Lucio Mauro pelo excelente serviço executado.
 

Restaurante Trattoria Torna

Referência em cozinha italiana há 25 anos.

Rua Gavião Peixoto, 35 – Icaraí – Niterói

Tel: (21) 2613-6920

Valeu gente!
 
 
Até ano que vem! 
 
Enoabraços
Marcelo Andrade 
PS: Como disse o confrade Tonelotto, teremos ao longo de 2009 um número maior de degustações às cegas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s