36º Degustação da CAE: Restaurante Dona Santa

A nossa degustação realizada dia 19/03, às 20:30h, aconteceu no Restaurante Dona Santa, no bairro do Ingá. Ao todo, 12 membros estavam presentes dispostos a “derrubar 9 vinhos!”
 
Para quem desejou matar a vontade dos vinhos tintos. Acho que deu para o gasto! (risos)
 
Os avaliados!
 
1-Angélica Zapata Alta Chardonnay 2004 -13,9%. Argentina
Vinho do excelente produtor Catena Zapada. Vinho magnífico. Qualidade proveniente de Tupungato. Visual amarelo quase palha, nariz barricado, frutado (maça, abacaxi e melão) e uma leve baunilha ao fundo. São 14 meses em barrica francesa. Na boca, frutas tropicais, acidez gostosa e uma presença maior de madeira, amanteigado deixando um pequeno amargor no final…  Um vinho untuoso e longo final de boca.  Muito bom! 2º melhor vinho da degustação. R$ 75,00.
 

2-Cuvèe Sophia – 12,5%. França
Como este vinho é produzido de duas ou três safras com parcelas de 80% Merlot, 15% Cabernet Franc e 5% Cabernet Sauvignon ele não possui safra apesar de ser um cuvèe. Um vinho jovem que surpreende pela qualidade.  Região de St. Emilion, Château Grand Bert. Rubi, aromas delicados de frutas vemelhas, acidez gostosa e taninos finos. Um vinho “suave” e com final elegante. Servido às cegas, alguns chegaram a confudir com Pinot Noir. Boa opção para o dia-a-dia! R$ 35,00.
 
3-Santa Ema Gran Reserva Merlot 2004 – 13,5%. Chile
Este vamos ficar devendo. O vinho da Santa Ema estava Bouchoné. Uma pena! R$ 77,00.
 
4-Casa Silva Reserva Syrah 2006 – 14%. Chile
O velho Casa Silva. Um vinho que sempre agrada! Cor rubi intensa com reflexos violáceos. Aromas de ameixa madura e amoras com notas de couro. Na boca, é poderoso com taninos marcantes, redondo e muito persistente. Já degustei boa parte dos vinhos do Casa Silva e qualidade continua a mesma. R$ 74,00
 
5-Vitiano Falesco Rosso IGT 2006 – 13% – Itália
Vinho da Região de Umbria. Um bom vinho sem dúvida! Um blend de Sangiovese, Cabernet e Merlot. Vermelho rubi, de bom corpo e aromas deliciosos. Frutas e especiarias com um tabaco ao fundo talvez… Encorpado, com taninos redondos e um final frutado e gostoso. Mas é um vinho que pede comida: carnes, massas e uma bela pizza, por que não? Gostei muito! US$ 10,00
 
6-Evel Grande Escolha  DOC 2004 – 14,5%. Portugal
O Douro é espetacular! Sempre com excelentes vinhos. O Evel branco já é bom mas este se superou! Vermelho rubi, escuro e encorpado. Aromático, frutas negras, notas de especiarias, compotas, caramelo e chocolate. Um vinho complexo, encorpado e com carvalho na medida. Final elegante e persistente. Um corte e tanto de Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinto Cão. Sem dúvida, uma grande escolha meu caro Jurivan! Um bom vinho para guardar. 1º lugar na degustação. Dos 12 confrades presentes, foi o preferido de 9!! R$ 134,90
 
7-Colomé Estate Malbec 2007 – 14,5%. Argentina
Vinho da Bodega Colomé situada em Salta. Vinhedos com mais de 90 anos. Um blend de 85% Malbec, 8% Tannat, 5% C. Sauvignon e 2% Syrah. Vermelho rubi, escuro, denso e muito jovem. Notas aromáticas de cerejas pretas, ameixas, madeira e especiarias. Na boca é encorpado com boa fruta, robusto, um pouco quente, acidez viva e final longo. Ainda pede uns anos de guarda para melhorar. Não está pronto! Quem sabe daqui há uns 8 anos? R$ 85,50
 
8-Ravanal Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2007 – 13,5%. Chile
Ainda não tinha degustado o Cabernet da Ravanal, apenas o Carmenère que é muito bom. Este vinho passou 14 meses em barrica lhe conferido complexidade. Cor rubi, escuro. Aromas complexos de frutas negras, tabaco e pimentão. Em boca é um pouco desiquilibrado, quente, mas com toque de pimenta, baunilha e um final herbáceo. Boa acidez e persistente.  Achei o carmenère muito superior… Mas valeu! Aproximadamente R$ 47,00
 
9-Rutini Malbec 2006 – 13,5%. Argentina
 Fechando com chave de ouro: o sempe honesto Rutini! Vinho de qualidade, franco e muito equilibrado. 100% Malbec de primeira. Vermelho rubi. Notas de framboesas, amoras, alcaçuz e especiarias. Em boca, é gostoso (amoras, alcaçuz), equilibrado e suculento. Final longo e persistente. Este vinho é proveniente dos vinhedos de La Conculta com mais de 60 anos. Que por sinal, está com tudo! R$ 130,00
 
 Foto: Evel Grande Escolha  2004. O campeão!
 
Saúde e até a próxima!
Marcelo A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s