NOTAS DA 40º DEGUSTAÇÃO DA CONFRARIA DAS ÁGUAS ESCONDIDAS

Prezados(as),Dia 25 de setembro, a CAE esteve mais uma vez reunida para a sua  40º degustação!
O local escolhido desta vez foi o BISTRÔ MONTAGU, localizado no Centro do Rio, na Rua Alcântara Machado, nº 48.
No menu tivemos as seguintes opções:
Um couvert de Pães e Torradas, Pastas, manteiga e Canapés;
Entrada de Salada Crocante de Quinoa Real (Folhas orgânicas baby / abobrinha / tomates cereja / quinoa crocante / vinagrete de manjericão);
Prato Principal, três opções – Salmão Antiboise (Filé de Salmão grelhado / purê de batata baroa / molho ácido de tomates, manjerição e grãos de coentro), Filé Mignon com Ragú de Cogumelos (Grelhado /  molho de cogumelos / batatas roesti) e um Magret de Pato com Molho de Mostarda e Estragão (Grelhado, servido mal passado / molho de mostarda e estragão / nhoques fritos crocantes);
Sobremesa – Crumble de Bananas (Rodelas de banana caramelizadas / massa crocante de canela / sorvete de tapioca / farofa de castanhas do Pará), Crunch de Maças (Torta de Maças frita em massa de Harumaki, com amêndoas torradas e sorvete de canela) e um Delírio Mineiro (Calda quente de goiaba de Ponte Nova com sorvete de queijo)

As notas abaixo de acordo com a minha avaliação.

Os vinhos da degustação foram:
1-Planeta Sicília IGT 2008. 13% – Sicíla, Itália
Corte siciliano de Grecanico, Chardonnay e Viognier bem elaborado. Cor amarelo palha com reflexos esverdeados, límpido, transparente e escorregadio. Notas aromáticas de maracujá, mamão e toques florais. Boa intensidade e qualidade aromática. Na boca é um vinho seco, equilibrado, com toques de frutas tropicais, acidez adequada e de textura macia. Final consistente e agradável. Bom vinho.
2-Marques de Cáceres 2007. 12% – Rioja, Espanha.
Cor amarelo palha. Notas de frutas brancas com fundo cítrico. Notas gustativas de frutas com um final cítrico, meio amargo e uma acidez gostosa. Um vinho muito correto. 

3-Quinta de Espiga 2006. 12,5% – Estremadura, Portugal.
Vinh produzido pela casa Santos Lima. Corte de Castelão, Tinta Roriz, Touriga Nacional entre outras. O vinho tem uma belo ataque no nariz com notas de frutas negras, canela, cravo, madeira e notas minerais.  Mas deixa a desejar no quesito gustativo mostrando um certo desequilíbrio.

4-Vale da Mina Reserva 2007. 13% – Alentejo, Portugal.
Cor rubir com alguns reflexos violáceos. Corte de Trincadeira, Castelão Francês e Aragones. A cor não impressiona muito. Brilho médio e escorregadio. Nariz de frutas vermelhas, especiarias com notas minerais ao fundo. Na boca é seco, boa fruta e com um leve amargor. Final persistente e com um bom retrogosto. Muito bom.
5-Innominable Lote III. 13,8% – Santa Catarina, Brasil.
Com o vinho é proveniente de diferentes safras – 2004 à 2007 – ele não é safrado e sim identificado pelo lote. Uma espécie de Cuvée elaborado talvez com Cabernet Sauvignon e Merlot pela Villagio Grando. Vinho de cor rubi, límpido mas sem muito reflexo. Notas de frutas secas, especiarias, baunilha e café. Na boca, frutas secas com predominância de baunilha e  torrefação. Talvez pelo excesso de madeira. Taninos macios e agradáveis, proporcionando um bom final de boca.  Muito bom.

6-Cusumano Benuara 2007. 14%, Sicília, Itália.
Blend de Nero D’Avola e Syrah. Um dos melhores vinhos da degustação na minha opinião. Bela cor rubi. Notas de fruta maduras, ameixas,  especiarias (canela) e minerais. Boa intensidade e qualidade aromática. En boca é equilibrado, boa acidez e macio. Taninos finos e final persistente. A Cusumano é uma vinícola de produz vinhos de muita qualidade, tendo brancos também que merecem ser apreciados. Muito bom.

7-Jacob’s Creek Shiraz Cabernet 2005. 13,5%, Barossa Valley, Austrália.
 Com uma co granada, o vinho é encorpad, denso e chorão. Notas de frutas negras com toques de madeira. Boa intensidade e persistencia aromática. Na boca é encorpado e de bom equilibrio com taninos macios e acidez moderada. Bom vinho.

8-Ibéricos Crianza Tempranillo 2007. 14%. Rioja, Espanha.
Vinho do grande produtor Torres. O forte deste vinho é bouquet. Notas intensas de frutas negras (ameixas, jabuticaba), especiarias (pimenta) e café monstrando boa qualidade. Na boca é encorpado, tânico e com boa acidez mostrando um bom equilibrio apesar do teor alcoólico. Muito bom.

9-Nieto Sanetiner Reserva 2008. 14%. Mendoza, Argentina.
Um monovarietal de malbec escuro, denso, retinto, chorão e muito encorpado com reflexos violáceos. Notas de fruta negra madura, compota, café, chocolate e baunilha. Na boca é macio, com boa carga frutal, untuoso, acidez mediana e final persistente. Muito bom vinho.  

10-Benegas Lynch 2002. 14,9%. Mendoza, Argentina.
Corte de Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc e Petit Verdot. Cor rubi com reflexos violáceos, escuro. Um vinho denso, chorão com notas intensas e persistentes de frutas negras, especiarias e torrefação. Na boca é suculento, amargor sutil, quente, sápido, tânico robusto e com ótima persistência. Sem dúvida, outro muito bom vinho.

E por último!

11-Perez Barquero Pedro Ximenez Cosecha. 15%. Montilla, Espanha.
Cor atijolada, límpido, denso e de boa transparência. Um vinho franco, fragrante, com notas de uvas passas, figo, bala de tamarindo e gengibre. Boa itensidade e qualidade aromática. Na boca é um vinho macio, muito doce, com acidez adeguada, denso e ótima persistência. Excelente vinho.

 
1º lugar: Quinta de Espiga 2006. 12,5% – Estremadura, Portugal.
2º lugar: Cusumano Benuara 2007. 14%, Sicília, Itália.
3º lugar: Ibéricos Crianza Tempranillo 2007. 14%. Rioja, Espanha.Fotos:

http://br.groups.yahoo.com/group/enofilosecia/photos/album/0/list
 

Um grande abraço,
Marcelo Andrade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s